sábado 16/01/21

Carta em tinta de choco

Quando visitei por vez primeira a ilha de São Simão chocou em mim uma escultura que acompanha o trajeto desde Cesantes (Redondela). 
Eva Mejuto (Foto: Xerais).
Eva Mejuto (Foto: Xerais).
E chega Eva Mejuto e com a sua Teresa, que aguarda polo pai a 20.000 léguas de distância, oferece ao Nemo um lugar na homenagem que é o seu álbum às lavandeiras de São Simão . Essa é uma das alfaias que traz consigo, emburulhada em papel…

Debes estar rexistrado para ler este contido

Poderás rexistrarte co teu correo. É rápido e gratis.

Rexistrarse
comentarios