sábado 22/01/22

Odio e desinformação

[Nemésio Barxa]

Seique no seu discurso de despedida Angela Merkel manifestou, entre outras cousas, que deveríamos lutar contra o odio e a desinformação. Tomei estes dous conceitos em momento tão concreto como a negativa de Feijoo a assignar a NOS diário as ajudas que legalmente lhe correspondem. Numa clara manifestação de odio a todo o que representa a identidade do povo galego e na pretensão de mantê-lo desinformado, tratando de silenciar a voz galega do único medio informativo que informa em galego e desde Galiza, voz discordante, desde a realidade, do resto dos diários acríticos ou enaltecedores do governo do PP.

Feijoo dá uma volta mais de torcedoura, no pouco que já ficava livre das suas gadoupas, por borrar a identidade nacional galega; como no exercito inglês, ao inimigo (que é o povo galego) nem agua; todo vale por uma Espanha monotonamente uniforme. E mentras sofremos o anti galeguismo do governo galego, observamos com sana enveja a defensa que da sua cultura, da sua economia e da sua identidade (da sua dignidade) levam a cabo os governos de Euskadi, Catalunya, Malhorca ou Comunidade Valenciana.

A información galega está na túa man!

Subscríbete ao noso boletín de novas.

Date de alta de balde e recibirás unha selección dos nosos artigos para saberes o que acontece.

Odio e desinformação
comentarios