Bloco propõe negociação imediata ao PS e ao PCP para discutir governo de esquerda

Propõe a abertura de um processo negocial para aprovação das bases programáticas de um governo de esquerda. Os bloquistas defenderam que as negociações devem começar de imediato e estar concluídas rapidamente.

O coordenador do Bloco de Esquerda, João Semedo, propôs ao PS como ao PCP a abertura de um processo de discussão e aprovação das bases programáticas de um governo de esquerda. Para o Bloco, "a nossa responsabilidade perante o povo português exige uma verificação séria da existência de condições para aquele programa".

“Não há desculpas: agora, é na esquerda que está toda a responsabilidade de encontrar uma solução para libertar Portugal da troika e da crise”

“Propomos que essas conversações se façam sem qualquer condição prévia e no mais curto espaço de tempo”, sinalam do BE. Este curso desastroso "deve ser interrompido. Dois anos de governo da troika demonstraram a insanidade de contas públicas arruinadas, de desemprego galopante, de colossais aumentos de impostos e de desrespeito pela vida das pessoas. Portugal precisa de uma solução democrática que liberte o país da austeridade".

O BE reitera a sua disponibilidade para começar as reuniões de imediato e assinala "positivamente" que o PCP já tinha pedido uma reunião à direcção bloquista.

“Não há desculpas: agora, é na esquerda que está toda a responsabilidade de encontrar uma solução para libertar Portugal da troika e da crise”.

Info tirada de publico.pt e esquerda.net

A INFORMACIÓN GALEGA ESTÁ NA TÚA MAN!

Subscríbete ao noso boletín de novas.

Date de alta de balde e recibirás unha selección dos nosos artigos para saberes o que acontece.

comentarios