luns 19/04/21

Um país esquizofrénico

Quando escrevo estas linhas ainda não se conhece o resultado das eleições norte-americanas; faço-o na véspera da “super-terça-feira”. Porém, simplesmente o feito de que exista a possibilidade de que Trump repita como presidente, semelha-nos a muitos que é a expressão de que USA é hoje um país de tolos, ainda que haja nele muita gente assisada e mesmo comprometida com valores opostos ao seu chefe atual. Non o digo só eu –alguém que vê a realidade desde fora–; um jornalista norte-americano, Dave Eggers, chegava a falar há um par de semanas desse país como um “estado falido”: “Somos uma nação pelejada e meio tola. USA é uma mistura terrorífica de reality show, república bananeira e estado falido”. Um estado fracassado que perdeu de vista um mínimo sentido da decência e ainda o sentido do estado de direito.

Que Donald Trump é um tolo perigoso não o dizemos só muitos europeus, mas também bastantes norte-americanos –não sabemos se abondos para acabar com ele...– “O nosso presidente está clinicamente tolo –diz o jornalista citado–, sabe-o todo o mundo”, até o seu partido e os seus seguidores. A ringleira de feitos é bem conhecida: política internacional agressiva e política interior esquizofrénica. Nem pagou nos últimos dez anos os impostos que tanto se exigem no seu país, nem soube ter a mínima sensibilidade fronte às justas protestas do “Black Lives Matter”, ordenando dispersar os manifestantes com violência, nem afrontou com sentidinho a pandemia, fazendo o palhaço em todo o momento. “Trump demonstrou que é um narcisista lunático que não pode conceber o sofrimento de nenhuma outra pessoa que não seja ele mesmo”, engadia o jornalista. O presidente mesmo chegou a dizer que os seus votantes eram tão incondicionais, que se saía à rua e matava gente com uma metralhadora, votariam-no igual.

Como pode voltar a ganhar um presidente como este, que acedeu ao posto por acidente e que fez uma política de estupidez após estupidez nestes anos? Só com um povo que se diz campião da democracia, mas que não sabe o que é isso, ou... que está tão tolo como o seu líder; ele com o botão nuclear e eles e com um rifle na mão.

comentarios