Opinión

Atila em Ucraína

Opinión

Atila em Ucraína

Atila é um dos símbolos mais fortes da violência destrutiva na história. Disse-se dele que onde pisava o seu cavalo não voltava nascer a erva. Para Castelao era o símbolo da repressão que encheu de mártires a nossa Terra. Foi um caudilho ambicioso, cruel, implacável com os inimigos e desapiedado com os povos que invadia, rapinhava e devastava, até forjar um poderoso império. No século XX, o seu nome foi escurecido por outros como o de Hitler, que levou o mundo à maior guerra de todos os tempos.

A Putin, que coma Atila vem do leste, já lhe começam a chamar "Vladimir o Terrível"; por Ivan o Terrível, o primeiro zar, forjador do império russo. A jornalista russa Anna Politkóvskaya disse dele no 2004 que se tem como "o zar de Deus" –e conta com o vergonhento apoio de Igreja Ortodoxa Russa-; pouco depois de fazê-lo no seu livro A Rússia de Putin, morreu assassinada, como outros que se permitiram criticá-lo. Este autócrata desapiedado, antigo agente da temível KGB, é um homem poderoso e sem escrúpulos, que foi eliminando ou encarcerando todos os que se lhe opunham, e prefere que Rússia seja temida e odiada a ignorada e amada. Busca desde há décadas o controle de todos os ressortes de poder no seu país e a formação dum novo império russo, como a velha Rússia dos zares ou a URSS de Stalin.

Porém, Putin não é um comunista, mas um capitalista que tem uma enorme fortuna pessoal, ademais de governar implacável o país com o mais moderno arsenal atómico. Semelha que o esquecem os que ainda confundem a Rússia de hoje com a antiga URSS. A invasão da Ucraína não é uma "guerra de libertação", mas a expressão do seu desejo imperial. E todos os impérios são maus, pois esmagam os povos; tanto o de USA como este de Rússia.

Bem sei que a guerra não a faz só uma pessoa, que sempre há muitos fatores em jogo; mas um líder poderoso tem muito que ver com ela. E o culpável imediato desta é Vladimir Putin, que ordenou o ataque. "Não nos odeiem pelo que faz os nossos líderes governamentais", diz muitos russos. Oxalá esse povo poda botá-lo do seu trono de ferro, pois do contrário ele, os seus vizinhos e todo o mundo pagaremos um alto preço.

comentarios