sábado 22/01/22

Sinais

[Nemésio Barxa]

Inevitável escuitar, disfrutando, o Concerto de Ano Novo de Viena. Este ano com inequívocos sinais ou aldabonazos nas consciências dos cidadãos de sentimentos e propostas. O Concerto já no início abreu o caminho da sua proposta a devolvermos a alegria e o renascer de superar a pandemia, com as duas primeiras peças: "Marcha Fénix" e "Alas de Fénix" de Josef e Johan Strauss, respetivamente, que nos mergulhavam no mítico renascer da ave fénix. E incidir posteriormente num problema de caracter universal qual é a desinformação, a falsa informação, o amaralismo da imprensa em geral. As peças "Pequeno boletim", "Diário da manha" e "Pequena crónica", de Josef Hellmesberger, Johan e Eduard Strauss, respetivamente, foram dedicadas e puseram em destaque o periodismo, um elogio á liberdade de imprensa num momento no que aflora a desinformação e a propaganda.

A información galega está na túa man!

Subscríbete ao noso boletín de novas.

Date de alta de balde e recibirás unha selección dos nosos artigos para saberes o que acontece.

Sinais
comentarios