luns 30/11/20

'Nós', a revista

[Nemésio Barxa]

Há 100 anos um fato de homes com sentimento de galeguidade decidiu reivindicar a cultura e identidade galegas dando a conhecer as suas particularidades a través de uma revista que publicita-se a realidade cultural, histórica, social e económica de um país que esmorecia com o esquecimento da sua própria pessoalidade. Como expressa no limiar “uma geração que se precatou do seu imperioso dever social de criar para sempre a cultura galega... que vem recolher todos esses esforços de integração da Pátria galega no seu já rico polimorfismo”.

Há oito anos outro fato de pessoas conscientes da necessidade de que na rua existissem informação e comunicação galegas e em galego decidiram sacar um semanário (Sermos Galiza) e depois o grande reto pendente de um diário (Nós) de interesses galego, contando com a grandíssima ajuda de muitas outras que fizerem possível a aventura. Nós revista perviveu graças ao “agarimo e xenerosa axuda” de todos os que sentiam o verdadeiro ser de Galiza. Nós diário precisa igualmente de todos os que sintam Galiza e os que ainda faltam dos continuadores, herdeiros ideológicos e incluso familiares de aqueles para que se unam aos mais de 3.000 que generosamente fazem possível a presença do Diário na rua e que necessita de mais subscritores.

comentarios