mércores 14/04/21

O carteiro segue a chamar duas vezes

A s reticencias por parte do Estado espanhol para o reconhecimento de Kosovo como estado independente conduzem a situações certamente divertidas, como na retransmissão na TVE do último partido de futebol da seleção kosovar com a seleção espanhola, celebrado em Sevilha. O Estado espanhol é o único da EU, de entre os cinco que não reconhecem a independência de Kosovo, que não admite o passaporte nem visado kosovar. Mas a FIFA sim admite como seleção nacional a equipa de Kosovo, como também foi admita a seleção karateca cuja participação em Madrid no Mundial de karaté no ano 2018 provocou um conflito diplomático ao não lhes permitir figurar com seu nome nem luzir sua bandeira. O passado 31 voltou a chamar o carteiro, mas nesta oportunidade houve bandeira e hino, ainda que no marcador figurassem "ESP" e "kov" e na retransmissão o locutor se referisse á "equipa rival", "equipa da federação de futebol de kosovo" ou "equipa kosovar", em evidente manipulação política. Todo para reprovar a declaração de Independência unilateral no que pudera semelhar-se a Catalunya. ERC e JxCat registarem várias perguntas ao governo sobre a chapuza da retransmissão e o status das seleções catalãs.

comentarios