venres 24/09/21

Acosso e derrube

[NEMÉSIO BARXA] 

É a atitude da direita rabosa e imisercorde frente ao atual Governo do Estado, sem dar trégua e incluso utilizando tortuosamente argumentos e aproveitando o rebufo do PJ e do TC. Agora pede demissões e qualifica de “varapau” para o Governo a sentença do TC verbo do “estado de exceção”, quando tanto o PP como VOX não só apoiaram a declaração do “estado de alarme”, também em Twitter, a 12 de março de 2020, Abascal clamava para que “Decrete el estado de alarma y ponga todos los recursos a detener la pandemia”, em março aprova-o com um “mas vale tarde que nunca”, e com total incoerência recorrem ao TC a reclamada declaração de alarme ao considerar que correspondia “estado de excepção”, recurso que neste ponto é aceitado polo TC e só com a maioria de um voto.

Não é para botar foguetes, mais tendo em conta que magistrados do TC discrepam com seus votos do veredicto e que em qualquer caso é como colhê-la com papel de fumar afirmar que em março de 2020 em Espanha existia crise de ordem pública, pressuposto necessário para declarar a exceção. Mas não qualificam igual a sentença da AN (assumida por todos os magistrados), que declara contra direito a prórroga outorgada em 2016, e até 2073, polo presidente Mariano Rajoy, em funções, a Ence. 

comentarios