luns 26/10/20
A opinión de
Alexandre Banhos Campo
Alexandre Banhos Campo

Carta aberta a Margaret Thatcher

Adeus Margaret Thatcher, você, ainda que não acreditasse, foi uma revolucionária

Dear Magie:

Vem você de deixar o mundo dos vivos, e claro, não vai poder ler esta carta, mas não por isso vou deixar de lhe escrever, já sei que nos seus derradeiros anos as suas faculdades mentais estavam muito mermadas e que tampouco houvesse dado muita atenção a ela, mas é bom lembrar que onde estamos agora, no fim da globalização, e as mudanças que ela gerou, incluída a crise1, foram impulsionadas de início pela sua vontade de ferro, de mudar as cousas com a sua lógica de tendeira.

Na Galiza sempre se joga a perder?

Considerações filosófico-politicas na construção de alternativas centradas e de sucesso, que sejam quem de tirar a Galiza do fundo no que se acha.Consideração 1ª.