venres 03.04.2020
A opinión de
Nemésio Barxa
Nemésio Barxa Avogado.Experto em direito civil galego. Presidente da Irmandade dos Vinhos Galegos.

Palavras (II)

Falava num anterior artigo da eleição da palavra “emoji” como palavra do ano 2019 no castelhano. Investiguei qual teria sido a palavra...

Palavras (I)

Surpreendeu-me a notícia de que a palavra do ano elegida pola Fundeu em Espanha era “emojis”, uma palavra que nem é palavra, que se...

Lisboa

Outro dia ei opinar, mas hoje prefiro homenagear uma das cidades para mim preferidas (com Viena) que é Lisboa, na que passei férias de...

Contraste

O Borbón II seica defraudou a muitos no seu discurso de Natal. A mim nem fu nem fa. Nada interessante agardava e nem o escutei. Mas por...

Ufano

Com aborrecimento sego forçadamente nestes dias o jogo medieval das propostas que apresentam ao monarca os representantes das crases...

Paranoia

Não contrataria a Pedro Sánchez como augure, profeta nem vaticinador; o futuro para ele é matéria desconhecida e inescrutável; posto a...

Galiza fronte ao seu destino

De novo Galiza fronte a seu destino. De novo Galiza aguardando que seus habitantes  confiem nela. Sempre paciente porque Galiza...

Catalunya. Pós-verdade

Há poucos dias num almoço de amigos coincidi com um ilustre ex-vice-presidente da Xunta, politólogo, tertulianao  e colaborador em...

A demonização dos nacionalismos

Demonização dos nacionalismos periféricos polo prepotente nacionalismo espanhol O perigo fica de perto. Todo o panorama político...

A navalha de Manuel María

Superados os atrancos e trabalhos para constituir a Fundacion Manuel Maria de Estudos Galegos, outorgada a correspondente escritura...

Torturadores. A memoria necessaria

Há poucos dias, no Faro de Vigo , Xosé González falava com profundidade da necessidade de identificar com seus nomes a todos os...

Meu amigo Miguel

Lembrando a canção de Roberto Carlos (que interpretaria muito bem teu pai cantor) e lembrando aquele neno que apenas se tinha de pé e...

Indignidade

Já nolo advertira nosso perspicaz e vaticinador presidente, o inefável Sr. Feijoo,: “Pérez Jácome como alcaide será letal para Ourense”;...

Mofa

Ainda seguem mijando por um e a dizer que chove. É a burla, o escarnio, o desapreço mais insuportável do trapaceiro vaidoso e...

De novo orfos no Día das Letras

O dia das Letras Galegas parabeniza a escrita em galego; mas não é de “letras” quando o ente promotor do evento exclui varias letras do...

Feijoo e o país das marabillas

Véspera de eleições trato de evadir-me da ansiedade e preocupação, escrevendo sobre algo alheio á apolítica e ao futuro de esta negada...

Perda de uma boa e generosa

Havia tempo que não sabia de ti, Pencha. Mas eu, e suponho que também tu , sabíamos que estávamos aí, que nossa amizade sobardava...

Notas

 

Nem aprecio nem sentimento

Leo no Sermos digital que um médico de Vigo dixo-lhe á sua paciente “nom fales galego”; há muitos anos, recém aberto meu escritório em...

Rosa Luxemburgo

No mês de janeiro fizeram-se cem anos do assassinato cruel e despiedado de Rosa Luxemburgo e não parece ocioso recuperar sua memória....

Hipocrisia

A Deputação de Ourense, tanto baixo a presidência de Baltar pai como na atualidade com Baltar filho , vem-se distinguindo pela sua...