“É a diversidade que faz a força do Bloco”

Na intervenção de abertura da súa Convenção, garantiu que o Bloco sairá da Convenção mais forte, resolvendo as suas diferenças “incluindo e não excluindo”.

bloco-crop
photo_camera Semedo

"As diferenças são importantes, mas o mais importante é o património de valores e ideais que marcam a luta do Bloco de Esquerda, do Bloco de todos nós”, afirmou o coordenador bloquista na abertura da Convenção que irá debater cinco moções políticas diferentes. Semedo saudou o facto de esta ter sido a Convenção mais participada da história do partido. “É esta diversidade que faz a força e a identidade do Bloco. Unidade e diferença, foi assim que aqui chegámos ao fim de 15 anos e será assim que acabaremos esta Convenção”, garantiu.

“Não estamos divididos, temos diferenças"

“Não estamos divididos, temos diferenças e sempre tivemos e soubemos viver com elas. Sabemos resolvê-las, incluindo e não excluindo”, prometeu Semedo, acrescentando que esta Convenção “é uma má notícia a quem nos quer condenar à irrelevância política, um desejo tantas vezes repetido, mas que voltaremos hoje mais uma vez a enterrar”.

Semedo referiu-se ainda à vitória que o Bloco conseguiu esta semana, fazendo o PS e o PSD recuar na intenção de acabar com a suspensão das subvenções vitalícias dos deputados. “Era uma proposta que queriam aprovar pela calada. Foi esse golpe que o Bloco soube enfrentar e derrotar”.

A INFORMACIÓN GALEGA ESTÁ NA TÚA MAN!

Subscríbete ao noso boletín de novas.

Date de alta de balde e recibirás unha selección dos nosos artigos para saberes o que acontece.

comentarios