luns 08/03/21

Cobiço de mais cobizas

Cobiza, de María Reimóndez,  pousa numa mui bem estruturada e meditada teoria feminista que serviria (servirá) a muitas para reflexionar sobre preconceitos e (des)certezas adquiridas

María Reimóndez | Foto: Iván Reymondez
María Reimóndez | Foto: Iván Reymondez
Na Arouça aprendim que podia ter cobiço: desejo de queijo com marmelo, ânsia de uma tarde de passeio, cobiço de que um livro não acabe, ou tenha segundas partes, que bem podem ser boas.   Cobiza / María Reimóndez…

Debes estar rexistrado para ler este contido

Poderás rexistrarte co teu correo. É rápido e gratis.

Rexistrarse
comentarios