martes 19/01/21

Madrid capitaliza o poder

O ascenso madrilenho tem hoje o seu motor na economia privada,com um permanente apoio do Estado a seu favor graças ao investimento em novas e importantes infra-estruturas de transporte terrestre e aéreo, que afunda a sua estrutura radial, e situando-os centros de decisão do estado à beira dos empresariais,o que facilita a adjudicação dos contratos públicos às grandes corporações sediadas em Madrid. As conseqüências do neocentralismo não podem ser mais negativas para Galiza. A capitalidade total madrilenha, o delírio nacionalista espanhol que roça a obscenidade e o controlo fiscal da UE agravam a nossa ja precária situação.

Torres financieiras de Madrid (Foto: Nós Diario)
Torres financieiras de Madrid (Foto: Nós Diario)
A presente capitalidade integral de Madrid é resultado de uma peculiar evolução histórica e do concurso de uma série de elementos e fatores específicos, que como afirma Oscar Pazos no seu livro Madrid es una isla , desde a sua eleição…

Debes estar rexistrado para ler este contido

Poderás rexistrarte co teu correo. É rápido e gratis.

Rexistrarse
comentarios