luns 25/10/21

Capitalismo verde, de coração preto como o carvão

Transferir a produção poluente de energia para países como Turquia, Índia ou Marrocos, com maior exploração laboral e permissividade regulatória, é ambientalismo hipócrita. A transição energética, ou é planetária, ou será simplesmente um “eco-branqueo” do rico ocidente.
As emissões de CO2 concéntranse nos países ricos (Imaxe: Nós Diario)
As emissões de CO2 concéntranse nos países ricos (Imaxe: Nós Diario)
Grandes empórios empresariais que ontem devastavam os ecossistemas optam hoje a fundos Next Generation para nos proteger das suas próprias atrocidades ambientais, intensificando o controlo privado do sector, sob o pretexto da transição…

Debes estar rexistrado para ler este contido

Poderás rexistrarte co teu correo. É rápido e gratis.

Rexistrarse
comentarios